6i60pdla5c4a7ei5ojad1ay6whlp8a
Buscar
  • A Herbalista

Qual é a diferença entre ervas e especiarias?

Atualizado: 22 de Out de 2019

Saborosos ingredientes que são chaves para cozinhar, e que dão o seu sabor especial. Ambos são usados ​​para dar cheiro e sabor aos nossos pratos, até mesmo ajuda em doenças e enfermidades. Mas como distinguimos ervas de especiarias?


Uma maneira fácil de distingui-los é determinar de qual parte da planta eles vêm. Ervas são as partes de folhas de plantas, como alecrim, tomilho, orégano, sálvia, coentro. Especiaria é o que vem das partes não-folhosas da planta, como raízes, casca, flores e sementes. Estes incluem canela, gengibre, açafrão, anis, pimenta.

Há casos em que uma planta pode dar ervas e especiarias. As folhas de coentro são ervas quando as sementes são especiarias.

O endro também produz sementes usadas como especiaria, enquanto suas folhas usamos como erva.


Parece simples, mas atualmente, de acordo com a American Spice Trade Association, as especiarias são definidas como quaisquer produtos vegetais que servem como condimentos e temperos.

Esta definição alarga a categoria das especiarias, permitindo incluir ervas, legumes desidratados, frutas e sementes.

Quando usamos na culinária a flôr, fruto, semente, casca, caule ou raiz de uma planta estamos falando em especiarias. Estas especiarias podem ser consumidas frescas ou secas. São exemplos: canela, gengibre, pimentas, alho, cebola, noz moscada e açafrão.

Agora, se alguém perguntar o que as ervas diferem das especiarias, você terá uma resposta fácil.



Saúde a Todos!

A Herbalista - Terapia do Estilo de Vida -

naturopatia.aherbalista@gmail.com

25 visualizações
  • telegram icone
  • whatsapp_aherbalista
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • YouTube
  • messenger icone
  • Instagram

 - International Knowledge of Food, Herbs & Health -

© 2020  A Herbalista