6i60pdla5c4a7ei5ojad1ay6whlp8a Alho - A Planta das Artérias!
  • A Herbalista

Alho - A Planta das Artérias!

Atualizado: 9 de Out de 2019

O alho tem a reputação de ser um poderoso vasodilatador, ajuda a baixar a pressão arterial e também ajuda a diluir o sangue, reduzindo o risco de formação de coágulos. Além disso, a Espanha e a Itália, grandes consumidores de alho, são fracamente afetados pela aterosclerose, uma doença que resulta no endurecimento das artérias.


Embora o alho tenha suas origens na √Āsia Central e tenha sido cultivado no Egito desde a antiguidade, ele rapidamente conquistou todos os continentes, primeiro por suas propriedades medicinais, depois por suas propriedades culin√°rias. Seu uso √© mencionado em textos chineses antigos; na medicina grega, antes da era crist√£, onde era usado como verm√≠fugo e contra asma; na medicina √°rabe, onde √© recomendado contra infec√ß√Ķes do est√īmago e da pele. Hoje, no Ocidente, o alho tamb√©m √© usado como verm√≠fugo, para reduzir a press√£o arterial e, localmente, para combater infec√ß√Ķes da pele .


O alho foi introduzido no Ocidente durante a conquista romana. Este alimento e condimento, tem sido apreciado por suas propriedades medicinais h√° milhares de anos. Os ingredientes ativos do alho est√£o contidos no bulbo.

Louis Pasteur quem descobriu as propriedades antibacterianas do alho no século XIX. Foi usado até mesmo durante a Segunda Guerra Mundial para curar algumas feridas dos soldados em combate.


Reconhecido desde a antiguidade por seus muitos efeitos ben√©ficos, o alho pode lutar contra muitas dores: dores, dist√ļrbios da pele, problemas digestivos e respirat√≥rios, colesterol ou perturba√ß√Ķes da coagula√ß√£o e dist√ļrbios vasculares, como press√£o alta .

Estudos recentes mostraram que o alho tamb√©m pode afetar o metabolismo do colesterol no f√≠gado, este √ļltimo liberando menos colesterol no sangue. O trabalho est√° sendo feito para verificar esses resultados. O alho tamb√©m tem propriedades antioxidantes que permitem neutralizar os radicais livres, suas propriedades anti-bacterianas fazem com que seja um bom desinfectante intestinal e um verm√≠fugo eficaz.



USO INTERNO


Melhora a circulação, metabolismo lipídico, coagulação: anti-hipertensivo, anticolesterolêmico, anticoagulante.

Dist√ļrbios gastrointestinais: c√≥licas, flatul√™ncia e diarr√©ia, infec√ß√Ķes por parasitas.

Problemas respirat√≥rios: a√ß√£o antibi√≥tica em caso de bronquite ou infec√ß√Ķes sazonais.

Efeito antioxidante: contra o envelhecimento celular.



USO EXTERNO


Anti- dor: dores articulares , musculares e nevr√°lgicas.

A√ß√£o contra certas condi√ß√Ķes da pele: infec√ß√Ķes, verrugas , calos.



INDICA√á√ēES TERAP√äUTICAS USUAIS


Hipertens√£o, doen√ßas digestivas (indigest√£o, incha√ßo, flatul√™ncia), doen√ßas inflamat√≥rias do aparelho respirat√≥rio, parasitas intestinais , dores articulares, musculares ou nervosas, infec√ß√Ķes da pele e outras condi√ß√Ķes de pele, tais como verrugas e calos.



OUTRAS INDICA√á√ēES TERAP√äUTICAS DEMONSTRADAS


Prevenção de doenças cardiovasculares, devido aos seus efeitos redutores lipídicos (que promovem a redução do nível de lipídios no sangue), anticoagulantes (antiagregante plaquetário) e hipotensores. Melhora a circulação por dilatação nos vasos pequenos, tem propriedades antioxidantes que protegem as células contra o envelhecimento e teria, portanto, uma ação contra certas doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer.

Os componentes de enxofre da alliina atuam na preven√ß√£o do c√Ęncer.

Finalmente, √© um agente protetor das complica√ß√Ķes relacionadas ao diabetes, gra√ßas √†s suas propriedades hipoglic√™micas.


Seus compostos melhoram a sa√ļde cardiovascular e previnem as doen√ßas coron√°rias e circulat√≥rias por diferentes mecanismos: reduzem a taxa de colesterol, tornam o sangue mais fluido, previnem a arterioesclerose e estimulam a dilata√ß√£o das coron√°rias.


Também inibem o processo de inflamação, associado aos infartos. Inclusive, alguns especialistas consideram o alho uma "aspirina vegetal", já que reduz a capacidade de coagulação do sangue em 20 a 30 por cento.


Um consumo moderado de alho ajuda a reduzir a pressão sanguínea, contribuindo para tratar a hipertensão arterial, mas as virtudes deste bulbo não páram por aí.


Al√©m disso, ajuda a combater infec√ß√Ķes bacterianas, vir√≥ticas e f√ļngicas, como gripe, resfriados, gastroenterite, aftas, bronquite e herpes simples. Seu efeito germicida atua nos sistemas digestivo, pulmonar e contra as afec√ß√Ķes da pele. Tamb√©m contribui para fortalecer as defesas org√Ęnicas.


Estudos da China mostram que quem come mais alho tem menos da metade do risco de sofrer de c√Ęncer do est√īmago. Al√©m disso, o alho ocupa um dos primeiros lugares na lista do Instituto Nacional do C√Ęncer, dos Estados Unidos, como poss√≠vel alimento protetor contra o c√Ęncer, principalmente g√°strico.


Ao reduzir os n√≠veis de a√ß√ļcar ou glicose, na corrente sang√ľ√≠nea, o alho melhora a dieta das pessoas diab√©ticas.

Como e quanto ingerir para aumentar beneficíos


O alho é melhor digerido se consumido picado ou espremido; convém, sobretudo, eliminar o germe verde localizado em seu centro, que é a parte mais indigesta.

Mas convém evitar o consumo excessivo e prolongado, já que, em algumas pessoas com predisposição, pode ocasionar transtornos gástricos ou diminuir a pressão arterial.


Um ou dois dentes, que equivalem √† cerca de nove gramas de alho, ao dia bastam para melhorar a sa√ļde, enquanto que uma maior quantidade n√£o melhora seus efeitos e pode irritar o tubo digestivo.


√Č prefer√≠vel com√™-lo cru, porque cozido perde seus √≥leos. O alho libera seu √≥leo quando triturado ou picado. Ricos em compostos sulfurosos saud√°veis mas muito vol√°teis. Para "captur√°-los" √© preciso com√™-lo o mais r√°pido poss√≠vel.


Os benefícios do alho vão muito além do seu teor de nutrientes propriamente ditos, ainda assim 1 dente de alho fornece 3% das doses diárias recomendadas de cálcio, vitamina C, manganês e vitamina B6.

O essencial é invisível aos olhos de uma tabela nutricional. O cheiro do alho deve-se sobretudo à presença de compostos organosulfurados, nomeadamente a alicina que é responsável pelos benefícios que lhe são atribuídos.

Os estudos recomendam doses entre 2 e 4g por dia, cada dente de alho tem cerca de 1g.



Contraindica√ß√Ķes


O alho não é aconselhável para bebês, grávidas ou amamentando.

Em crianças pequenas, o uso do alho é indicado como vermífugo, bactericida, antibiótico.

Em demasia poder√° causar rea√ß√Ķes g√°stricas por irritar a mucosa, assim como reduzir a capacidade de coagula√ß√£o do sangue e tamb√©m reduzir a press√£o arterial.

Quem utiliza remédios para doenças autoimunes, como HIV, saiba que a eficácia destes fica comprometida em 50%, devido ao uso de alho.



Sa√ļde a Todos!

A Herbalista - Terapia do Estilo de Vida -

naturopatia.aherbalista@gmail.com

0 visualização
  • telegram icone
  • whatsapp_aherbalista
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • YouTube
  • messenger icone
  • Instagram

 - International Knowledge of Food, Herbs & Health -

© 2020  A Herbalista