6i60pdla5c4a7ei5ojad1ay6whlp8a Hidroterapia | A Herbalista

A água é um dos meios de cura, um veículo de calor ou frio para o corpo. Aplicada ao corpo, opera nele modificações que atingem, em primeiro lugar, o sistema nervoso, o qual, por sua vez, age sobre o aparelho circulatório, produzindo efeitos sobre regularização do calor corporal.
As reações da aplicação da água são portanto: nervosa; circulatória e térmica.

Quem não gosta de tomar um bom banho depois de um longo dia de trabalho?

Você gostaria de um banho quente cheio de bolhas perfumadas, com aroma de óleos essenciais calmantes flutuando no ar e o corpo aquecendo e se rendendo, aumentando as emoções?

 E quem nunca sonhou com um banho cheio de ... champanhe ou pétalas de rosa?

Em geral, o processo da água para os seres humanos é muito importante. 
Nos tempos antigos, os nobres descansavam em grandes tanques de água quente, cheios de substâncias aromáticas, ervas e extratos de óleo. Essa é uma grande Terapia de Relaxamento.

Isso nos dá a oportunidade de não só de relaxar, mas também benefício para a pele emo  corpo como um todo.  Preparar um banho de tratamento em casa é muito fácil: basta estocar ingredientes úteis, tirar um tempo para descansar e cuidar um pouco de si mesmo... e aproveitar ao máximo os benefícios do tratamento com água.

‚Äč

‚Äč

As origens da Hidroterapia

 

 

O valor da água na vida é reconhecido praticamente por todas as culturas. Já os médicos egípcios - que eram também sacerdotes, astrônomos e artistas - atribuíam grande importância a diversas medidas de higiene relacionadas com a alimentação, vestuário, ginástica e aplicações hidroterápicas.

A prática da hidroterapia (do grego hydro, "água" e therapeia, "cura"), também é indicada por vestígios de instalações de higiene indianas (2500 a.C.) e dos banhos caldeus.

‚Äč

A noção de que água integra a composição do corpo e do universo ocorre simultaneamente nas civilizações orientais da China e Índia. Segundo essas culturas, tudo o que existe resulta de uma relações entre os cinco elementos: água, ar, terra, fogo e éter (na Índia) ou madeira (na China). 
Os gregos reconheciam apenas 4 elementos (água, fogo, terra e ar).

‚Äč

Em sítios arqueológicos gregos, as construções incluem locais de banhos e há numerosas referências às virtudes curativas da água. Nos cantos homéricos (1000 a.C.) fala-se de ritos de purificação com água, que precediam a entrada no templo de Esculápio (ou Asclépio), o deus grego da medicina.
Por volta de 500 a.C., os templos de Asclépio situavam-se perto de fontes e incluíam locais de banho. Píndaro (518-446 a.C.) dizia que "a água é o que de melhor existe".

Pitágoras (530 a.C.) recomendava a seus discípulos os banhos frios e a dieta vegetariana, juntamente com algumas ervas medicinais e ginástica.

Hipócrates de Quíos (460-377 a.C.) escreveu o importante tratado "On Aeron, águas e lugares", determina as ações de banhos frios e quentes sobre o corpo e as doenças para as quais é apropriado para uso. 
Fez amplo uso da hidroterapia, destacando o papel da pele para a desintoxicação do organismo.
Muitos procedimentos hidroterápicos fundamentais, como vapores, compressas úmidas com água doce ou salgada, mel ou azeite.

As mulheres dos antigos macedônios banhavam-se com água fria, após o parto, como norma higiênica e de prevenção de hemorragia pós-parto.
 

 Também Heródoto (484-410 aC) descreveu algumas fontes termais e recomenda tomar banho na primavera em banhos quentes e no frio no verão. Também determina a duração do banho em 21 dias consecutivos. 
 

Os escritos de Cícero, César Augusto, Horácio, Plínio e sobretudo de Aulo Cornélio Celso e Galeno mostram como as práticas hidroterápicas (irrigações, ingestão, duchas, banhos), muitas vezes aprendidas com médicos gregos, tornaram-se importantes para os romanos e se desenvolveram através da difusão das termas, os locais destinados aos banhos públicos, e de instalações balneárias.

 

Os Romanos usavam banhos para tratamento de problemas ortopédicos. 

A medicina romana manteve o tratamento com água aquecida/resfriada, que passou a ter ampla utilização. Os banhos públicos podiam ter diversas finalidades, entre as quais a higiene corporal e a terapia pela água dotada de propriedades medicinais; em geral, as manhãs eram reservadas às mulheres, e as tardes destinadas aos homens.

Com a decadência do Império Romano perderam-se os vestígios dessas práticas nos séculos seguintes.

‚Äč

Após o período romano (476 dC) a terapia de banho foi destruída, mas no século XVI foi descoberta novamente. Desde então, tem sido consistentemente aplicado para problemas musculoesqueléticos. Historicamente, é claro que a hidroterapia pertence àquelas disciplinas em que a experiência prática foi precedida pelo conhecimento científico.

Assim, a pesquisa científica concentrou-se principalmente em explicar cientificamente os resultados empíricos anteriores e apoiá-los.

‚Äč

No Brasil, a hidroterapia surgiu como prática da nobreza, com a transferência da corte portuguesa para o Brasil (1808-1821). Foi durante o século XIX que nasceram e se desenvolveram as práticas termais em espaços institucionalizados pela medicina brasileira.

Tudo começou com a descoberta das análises químicas das águas, ainda na primeira metade do século, e com a edificação de alguns estabelecimentos termais (Caldas do Cubatão, Caxambu e Poços de Caldas) na segunda metade do mesmo século.

‚Äč

No Formulário ou Guia Médico, de Pedro Napoleão Chernoviz (1864) já constava uma série de estâncias hidrominerais do Brasil, com detalhada descrição das propriedades físico-químicas de suas águas e suas indicações médicas para determinadas moléstias e sobre a prática dos banhos de mar no Rio Grande do Sul, onde os primeiros indícios da migração alemã, sem dúvidas, associado a relevância e difusão dos trabalhos de Sebastian Kneipp (Bavaria, 1821 - 1897) e Louis Kuhne (Leipzig 1835 - 1901).

‚Äč

‚Äč

Medicina Natural

‚Äč

Por volta de finais do século XIX e início do século XX desenvolve-se um retorno às teorias hipocráticas vitalistas, em oposição ao reducionismo da teoria dos germens, das teorias da síntese orgânica e materialismo positivista.

‚Äč

A Naturopatia ou Medicina Natural onde as proposições de Vincent Priessnitz (Gräfenberg, Austria, 1799 - 1851); Sebastian Kneipp (Baviera, 1821 - 1897); Louis Kuhne (Leipzig 1835 - 1901) com sua nova ciência de curar; Tadeo de Wiesent (Baviera, 1858 - 1926) e Manuel Lezaeta Acharán (Chile 1881 - 1959), com sua doutrina térmica, são expoentes significativos, preconizam essa busca pela condição ideal de existência, onde o contacto com a água limpa, cuidado com a alimentação e o estilo de vida natural é essencial. 
 

Até hoje, apesar da diversidade de correntes e tendências, especialmente quanto a prescrição dietética (vegetarianos, ovo-lacto-vegetarianos, crudívoros, macrobióticos, etc), a hidroterapia se mantém enquanto prática terapêutica. É controverso porém as concepções de vida natural com relativo consenso quanto as demandas de equilíbrio do ciclo atividade / repouso, sono e higiene ambiental.
 

Recentemente destaca sua associação às medicinas orientais e o seu desenvolvimento como técnica de fisioterapia. Os esteticistas, além de preconizar diversas formas de exposição à águas minerais, utilizam também sua associação a diferentes substâncias (lamas, sais minerais, mel, ervas) aromáticas e nutritivas para deter o processo de envelhecimento.

A maioria das pessoas conhece os benefícios de um banho quente. Primeiro de tudo, você precisa tomar banho para abrir os poros e eliminar a poluição. 

Podemos utilizar para limpeza do rosto e corpo, cereais esmagados ou descascados.

Para melhores resultados, você pode adicionar sal marinho, óleos essenciais, ervas e argila na sua banheira. Seja especialmente cuidadoso com o óleo, se não for diluído, você pode ser queimado. Primeiro, dissolva o óleo essencial em óleo de coco,  açúcar, sal ou leite), em seguida, adicione água. Em seguida, afunde-se lentamente na água da sua banheira. É útil fazer massagem com as mãos ou escova de massagem. No final do banho, levante-se lentamente."

‚Äč

 

Hidroterapia

‚Äč

‚Äč

Hidroterapia é o uso de água para fins terapêuticos. É dividido em hidroterapia externa e interna. As formas mais comuns de aplicação são:  Balneoterapia, beber-terapia e terapia de inalação. 

Nos tempos modernos, sabemos os segredos das fontes termais, dos óleos essenciais, das ervas, das cascas.
Podemos simular a construção de um ambiente semelhante à Natureza em nosso banheiro, observando a qualidade da água, de modo a ter um efeito saudável e de reconstrução do corpo, com temas diferentes, alguns preferem relaxamento, calmante, tratamento de desintoxicação , alguns se concentram em musculação e emagrecimento, outros se concentram em óleos aromáticos, terapia herbal pura.

‚Äč

Não importa que tipo de Hidroterapia fazemos, se é um escalda pés ou um ofurô, sairemos satisfeitos mesmo que com a eficácia da música, o cheiro de flores e ervas naturais, incenso, o visual da paisagem, o paladar de alimentos saudáveis, o tátil, como cuidados de massagem e a sensação do coração relaxar.
As necessidades básicas desses sentidos agradáveis.

O prazer de estar na água encontra uma saída para a pressão, a exaustão e a confusão do coração, e o corpo, a mente e o espírito podem desfrutar da harmonia e do equilíbrio. 

Corpo, mente e espírito em equilíbrio é o sonho dos urbanos modernos em um estado sub-saudável. A agradável fragrância do SPA é cuidar e cuidar do corpo, da mente e do espírito, cuidar do rosto e cuidar do seu coração, deixá-lo estar cheio de vida e espírito de dentro para fora.

 

‚Äč

 

Terapia de banho

‚Äč

Terapia de banho é a imersão de todo o corpo ou parte do corpo em algum material (água, lama) para fins terapêuticos. A terapia de banho pode ser realizada com:
Banhos termais, Irrigação, banheiras, assentos, escovas de banho. 
Durante a terapia, três tipos de estímulos estão envolvidos: mecânica, térmica e estímulos químicos:

 

 

Estímulos mecânicos: Estímulos mecânicos são devidos às propriedades físicas da água. O corpo humano imerso em um banho sofre a influência de dois fatores mecânicos: flutuabilidade e pressão hidrostática. Para o estudo da ação mecânica utilizou-se água da torneira para evitar impulsos químicos e uma temperatura de 34-35 ° C, indiferentes, pois a imersão a tal temperatura não se sente nem fria nem quente. Isso exclui estímulos térmicos.

‚Äč

‚Äč

Absorção: Uma pessoa de 80 kg em água doce pesa apenas 20 kg enquanto no mar 8 kg.

Entende-se que mesmo em águas minerais a flutuabilidade é maior, mais densa é a solução dos sais que contêm. Resultados imediatos: relaxamento do sistema do joelho e mobilidade articular mais fácil, portanto alívio da dor nas articulações reumáticas dolorosas.

Este efeito é mais pronunciado em casos de miotonicidade ou dor encontrados em articulações moles ou moléculas musculares, como muco, artralgia ou reumatismo.

 

 

Pressão Hidrostática: A pressão hidrostática faz com que reduza da circunferência do peito em 2-4 cm, diminuindo o perímetro da parede abdominal, resultando no aumento do deflector e facilitando o esvaziamento da veia cava. A redução do peito e o aumento do diafragma causam um aumento na pressão intratorácica que ajuda a aumentar a reserva respiratória.  Este efeito ajuda muito o enfisema pulmonar. Causa também o aumento da pressão venosa nas extremidades e deslocamento de líquido das extremidades para o tronco, causando afinamento do sangue e aumento da diurese.  A imersão na água move o fluido extracelular para o espaço vascular e esta solução isoenzima dilui as variáveis ‚Äč‚Äčeritrocitárias e a concentração de albumina. A pressão hidrostática da água nas extremidades mobiliza o edema e, dessa maneira, pode atuar de forma benéfica em muitas doenças.

 

 

Estímulos térmicos: Estímulos térmicos são devidos ao calor da água.  Para a explicação desse fenômeno foram formuladas as seguintes teorias: A neurogênica, segundo a qual o estímulo estimula as extremidades estéticas da pele. Os corpos de Ruffini são responsáveis ‚Äč‚Äčpela sensação de calor, e os ganchos finais de Krause pela sensação do frio. Destes, é trazido para os gânglios e medula espinhal. A partir daí, uma resposta é enviada para a periferia e vasodilatação ou vasoconstrição é induzida. 
E o  humor, pelo qual algumas células da pele produzem substâncias humorais que podem agir localmente nos vasos ou nos órgãos distais do corpo, modificando suas funções depois de entrarem na circulação. Assim, pensa-se que os banhos quentes aumentam a acetilcolina, o que causa vasodilatação e vermelhidão locais. Acredita-se que os banhos frios aumentam a histamina que causa vasoconstrição e geralmente age contra a acetilcolina.

 

 

 

‚Äč

‚Äč

‚Äč

 

Ação térmica nos Sistemas

‚Äč

‚Äč

Os estímulos de calor afetam a função secretora e cinética do trato digestivo. O peristaltismo pode ser aumentado pela estimulação dos nervos que inervam as vísceras ou pelo aumento do fluxo de sangue nos vasos mesentéricos. 
Assim, o banho frio aumenta a secreção do estômago e, em particular, a secreção de HCl, enquanto o calor tem um efeito oposto ao reduzi-lo.   Se um estímulo muito frio (gelo) é aplicado ao abdômen, então há uma redução nos movimentos peristálticos e uma diminuição na secreção de HCl.
Assim, é evidente que em apendicite, exacerbação de úlcera péptica, sangramento do trato digestivo, a colecistite, a enterite e a colocação inflamações gelo geralmente intestinal na parede abdominal tem um efeito positivo. Em vez disso, as compressas quentes são úteis em espasmos intestinais, como colelitíase e colite no fígado e no intestino.

 

Com relação ao respiratório, os estímulos frios causam um aumento na respiração. O aquecimento demais da água do banho causa enfraquecimento e raramente pode causar a respiração Cheyne-Stokes (respiração caracterizada por alternância de períodos de respiração com aumento progressivo e subseqüente diminuição do intervalo e períodos de apnéia) e morte. 

 

Com relação ao sistema nervoso , os estímulos frios aumentam a excitabilidade do sistema nervoso, aumentando assim o estado de alerta do indivíduo. Estímulos quentes têm um efeito oposto e, portanto, são usados ‚Äč‚Äčpara ação analgésica em várias síndromes dolorosas, e também para relaxamento. 


Estímulos de calor também afetam o sangue. Banhos quentes causam alcalose enquanto estimulos frios, acidose. O calor causa o afinamento do sangue enquanto o frio provoca a densificação do sangue com um aparente aumento no número de glóbulos vermelhos.

Banhos frios também causam aumento de açúcar, por isso é contra-indicado em diabéticos. 


Os banhos de calor aumentam a capacidade funcional dos músculos reduzindo a fadiga e proporcionando uma sensação de bem-estar. Mas estímulos muito quentes e prolongados causam exaustão.

Sabe-se também que o espasmo muscular resultante de danos no esqueleto subjacente, articulações ou nervos é aliviado pela temperatura, possivelmente devido à dissolução deste espasmo muscular.
 

Outro efeito benéfico da estimulação térmica é o calor na extensibilidade de tecidos ricos em colágeno, tal como, em tendões, articulações articulares, membranas sinoviais cicatrizadas e espessas, etc.

Isso melhora o raio de movimento das articulações com as quais elas se engajam. A temperatura afeta as propriedades gloásticas dos tecidos. Isso reduz a rigidez elástica, que tem um efeito benéfico na artrite reumatóide. A hipertermia também reduz a viscosidade do líquido sinovial, tornando-o mais fluido.

 

‚Äč

 

Efeitos analgésicos e endócrinos

‚Äč

‚Äč

Sabe-se que a aplicação de calor a curto prazo alivia a dor, esse efeito analgésico pode ser explicado, pelo menos em parte, pelo aumento das concentrações de β-endorfina. 
Medições laboratoriais, após aplicação de calor, mostram aumento da secreção de noradrenalina, cortisol e hormônio de crescimento. O efeito anti-inflamatório do cortisol e das catecolaminas é bem conhecido. 
Também foi relatado que após um banho de sauna aumenta para 14 vezes o nível de prolactina.
Sabe-se também que a aplicação de lama quente ou o banho em água quente a 38-39 ° C,  pode aumentar a temperatura corporal em 1-2 ° C. 

‚Äč

Estímulos Químicos

‚Äč

O estímulo químico é causado pelos elementos minerais dissolvidos na água. Esses componentes são absorvidos  profundamente pela pele e, através dela, para a corrente sanguínea, de onde exercitam sua energia farmacodinâmica.

‚Äč


Absorção percutânea

‚Äč

A absorção transdérmica dos elementos metálicos é afetada pelos seguintes fatores: 
O estado do estrato queratina. A absorção é inversamente proporcional à espessura (exceto palmas e solas, onde é significativamente mais espesso).

O aumento da temperatura da pele aumenta a absorção, facilitando a passagem das moléculas no interior da queratina e, por outro lado, deslocando-a da epiderme para a derme. A hidratação da queratina favorece grandemente a absorção, mas também facilita a passagem de moléculas para o epitélio, bem como sua transição para a camada papilar da derme. 
 

 Idade do indivíduo: o recém-nascido tem uma camada de queratina muito fina e rica vascularidade da derme subjacente. Assim, a capacidade de absorção é o dobro da capacidade do adulto. 
 

Pesquisas subsequentes descobriram que a pele pode se tornar permeável a íons metálicos e outros, que atingem "continuamente" moléculas mais profundas, como articulações, enquanto os níveis sanguíneos permanecem insignificantes do ponto de vista farmacológico.
 

 

Água fria

 

A água fria excita fortemente a sensibilidade periférica, e a excitação experimentada é levada, por via centrípeta, até os centros corticais, produzindo diversos reflexos, dos quais para nós os mais interessantes ocorrem na periferia, nos vasos superficiais e nos órgãos subjacentes, na pele.

O sistema nervoso sensitivo, excitado na totalidade das suas ramificações periféricas, é estimulado e melhorado nas suas funções, produzindo, no indivíduo, uma sensação de bem estar, e a pessoa se sente reanimada, alegre disposta para o trabalho. O sistema nervoso recupera o seu tom. Por isso se pode dizer que a água fria é um tônico para o sistema nervoso. A aplicação de água fria ao corpo ao mesmo tempo tônica e sedativa, regulariza as funções nervosas e é indicada na luxação.

‚Äč

‚Äč

Água quente


Há fortes indicações de que os asiáticos começaram e difundiram a prática em aproximadamente 2400 aC. O Ofurô é um tipo de banheira feita no Japão para o usuário tomar banho com temperatura da água entre os 36 e 40°C. Seu maior benefício é a limpeza de pele e descontração muscular.

No Brasil o clima predominante (tropical) não permite temperaturas tão elevadas, deve-se realizar hidroterapia em torno de 30 °C - 32 °C, para que haja um relaxamento do músculo e aumento de flexibilidade sem lesionar a pele com queimaduras. O banho quente seguido de água fria (contraste) está associado à efeitos vasculares e condicionamentos da hemodinâmica, segundo os naturopatas.

‚Äč

‚Äč

 

A Hidroterapia e a Fisioterapia


A Fisioterapia utiliza diferentes combinações de exercícios na água quente e fria, tornando a utilização da água, tanto em piscinas quanto em banheiras terapêuticas, um dos recursos mais famosos e utilizados por profissionais fisioterapeutas pelas suas propriedades físicas, além de proporcionar prazer ao paciente.

‚Äč

‚Äč

Posso tomar um banho quente?
 

Uma banheira de água quente é perigosa ou não?  

Os banhos quentes causam alterações na frequência cardíaca, recomenda-se apenas banhos mornos, com temperaturas não superiores a 38 ° C e água até a cintura. Todos as toxinas são eliminados através da pele.

 Não se pode esquecer que banho com temperatura da água superior a quarenta graus Celsius leva à distribuição do fluxo sanguíneo de vasos sanguíneos profundos e grandes para vasos sanguíneos superficiais e rasos.

‚Äč

É impossível falar sobre os benefícios e perigos do banho quente, afinal cada pessoa é individual em suas reações, o que sabemos é que é improvável que as pessoas modernas não tenham um banho quente em sua casa. Os seres humanos sempre cuidaram de sua higiene desde o nascimento até a morte. Desde a infância, os pais tentam ensinar seus filhos a lavar as mãos, tomar banho e escovar os dentes. Limpar o corpo é a chave para a saúde. Banhos específicos e frequentes devem ser personalizados pelo seu terapeuta, de acordo com suas necessidades, assim criando, os componentes exatos para seu momento atual, com ervas, óleos, plantas, especiarias... 

‚Äč

Clínica SPA


A atmosfera criada em uma clínica SPA deve ser única: elegante espaço de luz, maravilhoso e perfumado, desfrute do cuidado das gotículas de água de vapor, pétalas, folhas verdes e lama, e as plantas que captam o ambiente natural de uma floresta, por exemplo, sinta o exalar de uma atmosfera fresca. 
Clínicas SPA incluem conteúdos faciais de enfermagem, música, massagem, aromaterapia, drenagem linfática, hidroterapia, terapia de lama, talassoterapia, ioga, terapia cinco sentidos para saúde, beleza, fitness, uso de água de todas as formas, cor, som, luz óleos essenciais de plantas, sal, pedra quente, paisagem natural, cheiro de flores e aromaterapia, toque (massagem), audição (música), sabor (chá de ervas ). 

No mundo SPA, você pode embelezar o rosto, a forma do corpo, a saúde e o bem estar, sentir a umidade das flores e dos óleos e a delicadeza do terapeuta de beleza. Depois de uma massagem perfumada, você fica flutuante quando sai do spa, e a fragrância perfumada permanece nos sentimentos... Não é de admirar que muitas pessoas urbanas sejam fascinadas por isso.
Além de proporcionar beleza, um SPA também conta com diversos tratamentos para saúde, modelagem corporal e emagrecimento, promove a circulação da linfa , o metabolismo dentro do corpo com excesso de gordura e resíduos, de modo que o sistema digestivo se torne mais robusto.
Muitos tipos de SPA costumam beber água de fontes minerais para tratar doenças gastrointestinais. Portanto, o SPA pode ser considerado uma “estação de carregamento de beleza do corpo e da mente” que complementa a energia.

‚Äč

‚Äč

‚Äč

Hidroginástica

‚Äč

A hidroginástica é um exercício aeróbico feito em piscinas que tem como objetivo a manutenção profilática da saúde. Melhora a capacidade aeróbica, a resistência cardiorrespiratória, a força muscular, a flexibilidade, além de proporcionar um gasto calórico de 260 a 400 kcal por hora dependendo da intensidade em que se realiza os exercícios. A prática pode levar a menor impacto nas articulações, menor esforço nos movimentos e sensação de conforto causada pela água. A hidroginástica é indicada como atividade anaeróbica, pura e simples, e também indicada para aqueles que dela realmente precisam incluindo os portadores de problemas de peso, os mais diversos.

Atualmente existem muitas variações da hidroginástica, como ritmos, intensidades diferentes e adaptações de outras modalidades que podem utilizar a água e seus efeitos sobre o impacto de atividades desportivas.

‚Äč

Banhos de Lama 

 


Banhos de lama são aplicados para efeitos terapêuticos no organismo humano. 
Também chamado de argila,  é o nome coletivo de substâncias criadas por processos geológicos ou pela degradação de organismos vegetais.  O barro de fontes termais é uma argila curativa natural e é a única argila na natureza que pode ser usada para a própria terapia de argila. É formado em torno das fontes termais a partir de componentes orgânicos e inorgânicos dissolvidos ou suspensos em água quente e que se depositam em torno da fonte.

 

‚Äč

A aplicação de argila tem os seguintes efeitos: 


• Aumento da temperatura da pele. 
• Aumento da condutividade elétrica. 
• Alterações na capacidade de membrana. 
• Influência no fenômeno de absorção. 
• Ativação das glândulas sudoríparas. 
• Habilita enzimas e hormônios. 
• Ação no sistema cardíaco e circulatório. 
• Renovação respiratória. 
• Influências em trocas de eletrólito de água. 
• Influencia nos neurotransmissores e na condução nervosa do sistema nervoso. 
• Impacto no sistema imunológico. 
• Efeito no metabolismo


As principais indicações terapêuticas da terapia com argila são: 


• Afecções da pele (psoríase, eczema, edema juvenil, dermatite local). 
• Doenças das articulações (artropatias reumáticas, inflamatórias). 
• Restauração pós-traumática (entorses, fraturas, hematomas).
• Doenças ginecológicas (doenças genitais inflamatórias, distúrbios menstruais). 
• Uso estético e cosmético.

 

‚Äč

Sal marinho

‚Äč

‚Äč

Talassoterapia é um tratamento com sal marinho, hoje você pode fazer em casa. Para fazer isso, adicione um pouco de sal marinho em uma banheira de hidromassagem e divirta-se. Enquanto a pele absorver micronutrientes benéficos, você vai inalar o cheiro de sal, limpando as vias respiratórias e sonhando com o mar. Sal rosa do himalaia também é muito bem vindo, pela sua quantidade de minerais que o compõe.

 

 

‚Äč

Líquidos de banho

‚Äč

‚Äč

Podemos acrescentar na água vários tipos de substâncias como mel, leites vegetais, chás, glicerina, gel de aloe vera, salsinha ou outras ervas trituradas com água previamente, muitas coisas podem servir para preparar um banho, e assim, receber muitos fluidos  de uma só vez.

Por exemplo, banho perfumado de jasmim, bergamota, hortelã, lavanda, cipreste e cedro vai acalmar e dormir. Em contraste, banho com notas de laranja, tangerina, melancia, e sândalo ajudará a energizar. Já um banho com leite, mel e canela é revigorante, ativante e hidratante

 

 

‚Äč

Óleos essenciais

‚Äč

‚Äč

O óleo nutre completamente, hidrata e suaviza a pele. Se você adicionar óleo à banheira, eles envolverão a pele com um filme fino e não pegajoso, e então amolecerão. Além disso, a proteção invisível e invisível protege seu corpo por um longo tempo após sair da água. Existem muitos tipos de óleos. Deve-se estudar os benefícios de cada um deles e verificar se é qual você necessita neste momento.

 

‚Äč

‚Äč

Ervas

‚Äč

‚Äč

Banho Phyto - com adição de ervas - têm efeito terapêutico, fortalece a imunidade, limpa e restaura o corpo.

As plantas necessárias para o procedimento podem ser adquiridas em lojas de produtos naturais .em qualquer época do ano.  Fórmula fácil de usar: 100 gramas das ervas escolhidas, frescas ou seca para cada 3 litros de água.

Pode ferver e despejar depois delicadamente na água quente na banheira.

Ou podemos colocar as próprias  ervas na banheira, dependendo do tipo de banheira.

Como você pode ver, faz muito bem ter ervas secas e "coisas" aromáticas em casa. Com a ajuda deles, você pode fazer do banho uma cura mágica e memorável. 

‚Äč

Escute um conselho, não tome banho após sair da banheira, ou vai lavar os nutrientes do banho terapêutico. Tomar banho sempre, antes de entrar na banheira preparada com os ingredientes.

‚Äč

‚Äč

Terapia de beber água

‚Äč

‚Äč

Hidratação essencialmente é a reposição de água no organismo, mantendo sua composição corporal. A água representa cerca de 60% do peso corporal de um adulto. A hidratação pode ser realizada por via oral ou intravenosa.

A maior parte da água no organismo se encontra no compartimento intracelular e proporciona o meio através do qual se realizam as funções metabólicas. Portanto, as modificações na quantidade de água intracelular afetarão gravemente a saúde do indivíduo. Via de regra o compartimento intracelular é o último a alterar-se nas enfermidades (ou agravos com hemorragias) que se acompanham dos transtornos do volume do líquido corporal. A água extracelular que é mais lábil se divide em dois compartimentos o intersticial e o plasma. 

O balanço ou distribuição dos líquidos nos compartimentos vascular, intersticial e celular depende de várias condições orgânicas a exemplo da temperatura, função renal, presença de eletrólitos em níveis adequados e patologias que sobrecarreguem o organismo na produção e eliminação de fluidos como nas diarreias ou expectoração.

Os sintomas da desidratação são: Cãibras, Fadiga, Elevação da frequência cardíaca, Vertigens e tonturas, Náuseas e vômitos, Alterações visuais e auditivas.

‚Äč

‚Äč

 "A água mineral natural distingue-se da água potável usual pela sua natureza, caracterizada pelo seu conteúdo de minerais e sais inorgânicos e pela sua pureza original devido à sua origem subterrânea. Beber água é um excelente meio para fins de cura.
Todos os elementos da água, sais coloidais e íons, são introduzidos no corpo e transportados para todos os órgãos e tecidos onde eles têm atividade farmacodinâmica e biológica.

 Onde afeta inicialmente a mucosa do sistema digestivo e numerosos receptores mecânicos nervosos, tipo de química e térmica encontrada neste e nos receptores de células endócrinas locais dispersos no trato digestivo e produzir específicos hormônios."

 

‚Äč

‚Äč

Terapia de inalação

‚Äč

A terapia por inalação é chamada de tratamento baseado no contato de vapores e gotículas provenientes da água mineral com a mucosa respiratória. Para sua aplicação, são usados ‚Äč‚Äčdispositivos especiais que convertem a água térmica em gotículas e a descartam nas vias aéreas. As gotículas de acordo com seu tamanho acabam em alguma área do sistema respiratório alcançando os alvéolos dos pulmões.

Podemos sentir os efeitos desta terapia em nosso próprio banho, somente em respirar o vapor. Inclusive muitos se beneficiam da terapia inalatória com asma brônquica e bronquite crônica, principalmente com a ajuda de ervas adicionadas à água!
 Geralmente, a ação da benéfica da água quente no sistema respiratório é devido a limpeza mecânica das secreções da mucosas, o efeito térmico que provoca a hiperemia e a atividade específica dos seus componentes. 

 

‚Äč

‚Äč

‚ÄčOfurô

‚Äč

Ofurô  também chamado de furô é um tipo de banheira tradicional do Japão caracterizada pelo seu formato bem mais profundo e curto do que uma banheira ocidental, permitindo a seu usuário tomar banho com o corpo em posição fetal - suficiente para que a água cubra os ombros de uma pessoa sentada.

Comumente essas banheiras são feitas em madeira existindo também modelos de acrílico, fibra de vidro e outros plásticos apropriados. A temperatura da água que deve estar em aproximadamente entre  a 40 °C.

O ofurô pode ser utilizado por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Os banhos de imersão no ofurô constituem autênticos rituais familiares no Japão. 

Os benefícios dos banhos de imersão para a saúde são muito grandes, o relaxamento, que alivia estresses de toda natureza, a limpeza de pele, o reequilíbrio hormonal (pelo estímulo glandular causado pela água aquecida) e desintoxicação muscular.

 

‚Äč

 

Regras de banho

‚Äč

‚Äč

A aplicação da terapia de spa não é tão simples quanto parece inicialmente. As águas termais, apesar de suas propriedades curativas, podem causar problemas mais sérios para pessoas que sofrem de certas doenças. Antes de iniciar o tratamento, o terapeuta deve estudar minuciosamente se o paciente está sofrendo de outras condições que excluem ou restringem a terapia do spa em termos de duração, temperatura da água e modos de aplicação. Na maioria dos casos, o paciente deve continuar a medicação durante o banho. Os detalhes serão determinados pelo seu médico.
 

‚Äč

‚Äč

‚Äč

Contra-indicações de terapia de banho

‚Äč


• Condições hemorrágicas, porque existe um risco de recorrência da hemorragia. 
• Doenças do sistema respiratório, como tuberculose, câncer, bronquiectasia. 
• Doenças do sistema circulatório com paradas na circulação pequena ou grande. 
• Arritmias cardíacas quando não recuadas com medicação adequada. 
• Hipertensão arterial, desde que não seja bem regulada com medicação. 
• Todas as condições agudas febris. 
• Doenças inflamatórias agudas. 
• Doenças neoplásicas. 
• Insuficiência renal

‚Äč

‚Äč

Conclusões


Apesar da aplicação de fármacos novos e poderosos avanços na cirurgia, a terapia termal mantém seu valor. Assim, dependendo da condição e a fase do seu desenvolvimento, serão selecionadas pelo terapeuta qualificado, água termal e as modalidades de spa térmica, banho de imersão, terapia de beber, piscinas, hidroterapia, banhos de vapor, banhos de lama, uso de ervas e especiarias a utilizar.
Terapia de spa é aplicada a um grande número de doenças da maioria dos sistemas (respiratório, circulatório, digestivo, nervoso, renal, pele e principalmente músculo-esquelético).
Claro, a Hidroterapia  não cura as lesões da cartilagem, mas contribui para a diminuição da dor e rigidez com a temperatura quente da água, para estimular os músculos e melhorar a mobilidade articular

‚Äč

Banho é bom para a saúde. Mas se você fizer em casa, siga algumas regras para não se machucar.

A temperatura ideal da água morna é 36 a 38 graus Celcius: ela dissolve o óleo, remove as células mortas, relaxa e alivia o estresse. Banhos frios (20-33 graus há efeitos tônicos gerais e água quente de 40 a 42 graus, temos o benefícios do vapor, trazendo o destoxificação através do suor.

‚Äč

"É melhor tomar seu banho antes das refeições ou 2 horas depois de uma refeição."

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

‚Äč

 

 

 

 

‚Äč

O banho terapêutico é um momento único porque você é único. 

‚Äč

Projeto

HIDROTERAPIA

Conheça

Acompanhe matérias exclusivas:

  • telegram icone
  • whatsapp_aherbalista
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • YouTube
  • messenger icone
  • Instagram

 - International Knowledge of Food, Herbs & Health -

CNPJ: 35.221.166/0001-12  -  BRASIL